Guadeloupe, Terre-de-Haut

Localizada nas ilhas Leeward, Guadalupe tem duas ilhas principais, com numerosos pequenos. Embora Basse-Terre é a capital da ilha, a principal área turística está localizada em Grande-Terre. Os visitantes são atraídos para os recifes de coral e inúmeras praias de preto, branco e ouro. A ilha é um território da França, com uma mistura da cultura europeia, africana e indígena. O transporte principal na ilha é através do Aeroporto de Guadalupe, bem como um número de barcos e balsas.

  • Cidade capital – Basse-Terre
  • Idioma – francês

Reportagem sobre a ilha de Guadeloupe elaborada por Échappées Belles

Esta video reportagem está apenas disponível no idioma francês

    Guadeloupe, Caribbean

Basse-Terre, capital de Guadalupe

Basse-Terre, Guadalupe   Basse-Terre mistura o melhor da França com um toque distintamente caribenho

Basse-Terre mistura o melhor da França com um toque distintamente do Caribe, tornando-se o destino perfeito para os amantes do sol e os gourmets. Na capital de Guadalupe, você pode se desgastam com incríveis aventuras, em seguida, recarregar em spas luxuosos e hotéis. O melhor dos dois mundos, a cidade e a ilha que compartilha seu nome é ao mesmo tempo cosmopolita e indomável.

Antiga ilustração de Guadalupe   Antiga ilustração de uma fábrica de açúcar em Guadalupe. Criado por De Berard, publicado no Le Tour du Monde, Paris, 1860

Uma das mais antigas freguesias em Guadalupe, Basse-Terre foi fundada em 1643 e é lar de algumas poucas lembranças dos últimos dias: casas coloniais cercaram o campeão D’Arbaud plaza e ponto bairro Mont-Carmel, e Fort Louis Delgrès tem dominado a orla da cidade desde sua construção em 1650. Também conhecido como Fort Saint-Charles, a imponente vista sobreviveu a inúmeras batalhas contra os ingleses e é lugar de oficiais franceses Gourbeyre Almirante e General Richpance de descanso final.

O cais recentemente reformulado é o orgulho Basse-Terre, e o calçadão é um lugar favorito para relaxar com uma bebida de fruta fresca, loja de artesanato local e observar as pessoas. Durante o carnaval, o calçadão vem a vida e uma sensação de euforia pura enche o ar como desfile de moradores em fantasia e festa até o sol raiar. É a celebração mais animada em Guadalupe, e cada vez mais visitantes vêm a cada ano para dançar, comer, beber e festejar.

A única coisa mais colorida do que a cultura na Basse-Terre é a paisagem. Milhares de espécies de plantas que florescem na ilha cercam a capital com um cobertor de verde. Orquídeas selvagens florescem em tons de fúcsia, pêssego, ouro e ametista, cannas dar rajadas de vermelho e amarelo sol e samambaias viridian criar um fundo exuberante para caminhadas, ciclismo e explorar os muitos cânions.

Video de turistas em La Basse Terre | Guadeloupe

Parque Nacional de Guadalupe é sonho do explorador. Praticamente intocados, o parque é lar de muitas espécies de animais, incluindo as iguanas-de-topete-espinhoso. Como você caminhe pelos arbustos, você pode se deparar com uma cutia, um roedor quase extinto, ou conhecer uma banda de mangustos. Floresta tropical abre caminho para o litoral, onde fragatas, interior e gado egrets voar acima das águas cristalinas.

Mar do Caribe é uma festa para os olhos fora da costa de Basse-Terre. As águas azuis cristalinas shimmer ao sol perto constante, seduzindo os visitantes para mergulho, snorkel, jet-ski e vela. Se você não está pronto para mergulhar, fazer um passeio de barco com fundo de vidro ou relaxar nas areias brancas os raios quentes do sol.

A cozinha de Guadalupe

A cozinha em Basse-Terre reflete a reputação de Guadalupe como um caldeirão cultural. Há uma afinidade natural para produtos da pesca, e os visitantes podem desfrutar de pratos suculentos como clam chowder, fricassé de rainha conch, caldo de peixe e lagosta grelhada em muitos dos restaurantes da capital. Mais de um terço das terras do país dedica-se à agricultura, criação de uma grande variedade de legumes frescos que acompanham a maioria das refeições. Os produtos das terras férteis vão encantar até os gourmets mais exigentes, como eles beber sumo de cereja fresca, mordi a carne doce de manga local e saborear o gosto de um rum vintage.

Mapa de Guadalupe, Ilhas do Caribe

mapa de Guadeloupe, Caribbean   Mapa da ilha de Guadeloupe nas Caraíbas

Guadeloupe, Terre-de-Haut

Located in the Leeward Islands, Guadeloupe has two main islands with numerous smaller ones. Though Basse-Terre is the capital of the island, the main tourist area is located in Grande-Terre. Visitors are attracted to the coral reefs and numerous beaches of black, white and gold. The island is a territory of France with a mixture of European, African and Indian culture. The main transport onto the island is through the Guadeloupe Airport as well as a number of boats and ferries.

  • Capital city – Basse-Terre
  • Language – French

Report on the island of Guadeloupe by Échappées Belles

This video report is only available in the French language

    Guadeloupe, Caribbean

Basse-Terre, capital city of Guadeloupe

Basse-Terre mixes the best of France with a distinctly Caribbean flair, making it the perfect destination for both sun worshippers and gourmets. In the capital of Guadeloupe, you can wear yourself out with incredible adventures, then recharge in luxurious spas and hotels. The best of both worlds, the city and the island that shares its name are at once cosmopolitan and untamed.

One of the oldest parishes in Guadeloupe, Basse-Terre was founded in 1643 and is home to a few memories of days past: colonial houses surrounded the Champ d’Arbaud plaza and dot the Mont-Carmel quarter, and Fort Louis Delgrès has dominated the edge of the town since its construction in 1650. Also known as Fort Saint-Charles, the imposing sight survived numerous battles against the British and is the final resting place of French officers Admiral Gourbeyre and General Richpance.

The recently reshaped waterfront is the pride of Basse-Terre, and the boardwalk is a favorite place to relax with a cool fruity drink, shop for local handicrafts and people-watch. During the Carnival season, the boardwalk comes to life and a sense of pure euphoria fills the air as locals parade in costume and party until the sun comes up. It is the liveliest celebration in Guadeloupe, and more and more visitors come each year to dance, eat, drink and party.

The only thing more colorful than the culture on Basse-Terre is the landscape. The thousands of plant species that flourish on the island surround the capital with a blanket of green. Wild orchids bloom in shades of fuchsia, peach, gold and amethyst, cannas give blasts of crimson red and sunshine yellow, and viridian ferns create a lush background for hiking, biking and exploring the many canyons.

Video of tourists in La Basse Terre | Guadeloupe

Guadeloupe National Park is an explorer’s dream. Largely untouched, the park is home to many species of animals, including thorny-crested iguanas. As you trek through the underbrush, you may come across an agouti, a nearly-extinct rodent, or meet a band of mongooses. The tropical forest gives way to the coastline, where frigates, ortolans and cattle egrets soar above the crystalline waters.

The Caribbean Sea is a feast for the eyes off the coast of Basse-Terre. The crystal-clear azure waters shimmer in the near-constant sun, enticing visitors to swim, snorkel, jet ski and sail. If you are not ready to dive in, take a glass bottom boat tour or relax on the white sands in the warm rays of sun.

The cuisine de Guadeloupe

The cuisine on Basse-Terre reflects Guadeloupe’s reputation as a cultural melting pot. There is a natural affinity for fish products, and visitors can indulge in succulent dishes like clam chowder, queen conch fricassee, fish bouillon and grilled lobster at many of the capital’s restaurants. More than a third of the country’s land is dedicated to farming, creating a wide range of fresh vegetables that accompany most meals. The products of the fertile lands will delight even the most discerning gourmets as they sip on freshly-squeezed cherry juice, bit into the sweet flesh of local mangoes and savor the taste of a vintage rum.

Guadeloupe map, Caribbean Islands